Receba sua Proposta Técnica Comercial

    Adicionar Unidade

    Tudo que a sua empresa precisa considerar no processo de terceirização

    Como uma alternativa cada vez mais estratégica para o setor industrial, o processo de terceirização tem se consolidado principalmente nas atividades complementares ao core business. No entanto, para empresas que estão começando a planejar esse passo agora, muitas dúvidas são levantadas.

     

    Para ajudar você e sua equipe nessa missão, explicamos neste artigo o que é esse processo de terceirização, um breve histórico do tema no mundo e no Brasil, como está a legislação hoje e os prós e contras que devem ser levados em consideração. Ficou com interesse em saber mais? Continue a leitura com a gente!

     

    O que é o processo de terceirização? 

    O processo de terceirização vem sendo cada vez mais adotado pelas empresas ao redor do mundo. Isso porque a terceirização de serviços ajuda as corporações a diminuírem os custos operacionais, a focar em tarefas que requerem maior esforço e a otimizar as demandas. Por isso, a terceirização tem sido utilizada como uma estratégia empresarial. 

     

    A terceirização, quando acompanhada de planejamento e organização, resulta em eficiência e produtividade. Com ela, é possível delegar tarefas que não fazem parte do escopo da empresa, resultando em mais tempo para produzir soluções que vão atender às necessidades dos seus clientes. 

     

    A história da terceirização 

    Algumas fontes históricas mostram que a terceirização surgiu nos Estados Unidos, no início da Segunda Guerra Mundial, com o nome de outsourcing. O surgimento veio da necessidade das indústrias se concentrarem apenas na produção de armas em grande escala, veículos e outros objetos utilizados na Guerra. O governo e os empresários entenderam que algumas atividades de suporte ao processo poderiam ser transferidas para outras companhias. 

     

    Após o conflito, que afetou a maior parte do mundo, os países precisam reorganizar diversos serviços que foram prejudicados pelo confronto, reformulando a estrutura social, política e econômica. Assim, o processo de terceirização se expande para o restante do planeta, como uma solução para milhares de empresas, que precisavam reduzir os custos para manter as portas abertas. 

     

    No Brasil 

    No Brasil o processo de terceirização começou na década de 50, quando o país passou a receber as montadoras de automóveis. Mas, a popularização do processo de terceirização se deu apenas recentemente, a partir dos anos 90, com a entrada do Real no mercado.  

     

    Reforma Trabalhista de 2017 

    A Reforma Trabalhista de 2017 é um marco para o processo de terceirização no Brasil. Antes dela, a Lei Trabalhista estabelecia que uma empresa poderia terceirizar apenas atividades-meio, que não tem ligação direta com o serviço oferecido pela empresa. Uma escola poderia contratar uma empresa terceirizada para a limpeza e segurança, mas não professores, por exemplo.

     

    Outro exemplo: numa indústria, atividades-meio incluem trabalhos como contabilidade, recrutamento e seleção, serviço de limpeza, vigilância e manutenção de máquinas e equipamentos, para citar alguns.

     

    Atividade-fim, portanto, é aquela que considera os trabalhos essenciais da empresa, expressas no seu ramo de atividade. Geralmente, a maioria das empresas optam por não terceirizar o seu core business, mas existe o entendimento legal dessa possibilidade. Agora, uma escola pode contratar professores terceirizados. Isso possibilita novos negócios e oportunidades de mercado. 

     

    Os prós do processo de terceirização 

    Agora que você já sabe como surgiu o processo de terceirização no mundo e como ele chegou ao Brasil, vamos falar sobre os benefícios em adotar esse modelo de contratação. Os principais benefícios estão, em sua maioria, relacionados à redução de custos. Mas, vão muito além disso. E apesar de apresentarem vantagens a curto prazo, os maiores resultados da terceirização aparecem nos médios e longos prazos. 

    Com o processo de terceirização de atividades, que não fazem parte do escopo dos serviços oferecidos pela sua empresa, você terá mais tempo para cuidar da qualidade ou criar novas soluções para os seus clientes, fazendo com que sua empresa fique mais competitiva. 

    Concentrando-se nas atividades que realmente são importantes para o negócio, a tendência é que a qualidade dos serviços oferecidos aumente. Com essa otimização de processos e recursos, o capital, que passa a sobrar, poderá ser investido em melhorias. 

    Talvez a redução de custos seja o principal objetivo das empresas que buscam serviços terceirizados. Isso acontece porque terceirizar um serviço é mais barato do que contratar um funcionário. A empresa terceirizada tem total responsabilidade pelo empregado e por isso fica encarregada dos encargos trabalhistas e de custos como décimo terceiro e férias. 

     

    Os contras do processo de terceirização

    Apesar de ter muitos benefícios, existem alguns detalhes importantes e que devem ser levados em consideração no processo de terceirização, pois eles podem fazer toda a diferença. Você deve ficar atento às particularidades que fazem parte desse tipo de serviço. Em primeiro lugar, é preciso saber que os funcionários terceirizados não têm nenhum vínculo com a sua empresa, portanto, não podem receber tarefas ou direcionamentos passados por ela, dessa forma, os pontos devem ser combinados previamente com a empresa contratada.  

    É preciso levar em consideração que os funcionários não fazem parte da sua empresa e isso poderá gerar, em alguns casos, uma falta de identificação e de engajamento com as tarefas a serem executadas. Para evitar esse tipo de situação, é interessante que você converse com a equipe e faça questão de integrar os terceirizados ao time. 

     

    Como escolher a melhor empresa? 

    Existem diversas empresas que realizam o processo de terceirização e você deve estar se perguntando como escolher a melhor e mais indicada para o seu negócio certo? Separamos algumas dicas para te ajudar nesse momento. 

    É importante que você verifique a documentação da empresa e analise se ela está seguindo regras e se os funcionários contratados por ela estão recebendo todos os direitos trabalhistas. Um atenção especial deve ser dada às empresas de segurança. É de extrema relevância verificar se os funcionários estão passando por treinamentos e se a avaliação psicológica está sendo realizada periodicamente. 

    Viu um preço abaixo do mercado e ficou muito interessado? Desconfie! Preços baixos nem sempre são um bom sinal. Atente-se aos detalhes do contrato e como a empresa se posiciona e leve em consideração também as condições éticas. 

     

    Agora que você já sabe como o processo de terceirização surgiu e o que levar em consideração na hora de contratar uma empresa, ficou mais fácil tomar a decisão correta na hora de escolher. 

     

    Os desafios após a contratação de empresas terceirizadas

    Muito bem! Agora que você já pesou os prós e contras para o seu negócio e decidiu pela contratação de terceirizadas, é hora de fazer o trabalho de gestão!

     

    Não é porque a sua empresa passou essas atividades para parceiros que o trabalho acaba por aí. Agora, tanto para garantir que seus parceiros estão atendendo as exigências contratuais, como para estar em conformidade com as regras internas da empresa e das normas e legislações, é preciso acompanhar de perto.

     

    Mais uma vez, para otimizar o trabalho da sua equipe alocada com essa função, é preciso contar com ferramentas digitais adequadas. Nada de depender de papelada, arquivos físicos e registros espalhados por diversos meios. 

     

    Entenda como a GAP Sistemas pode ajudar o seu trabalho

    Viu só?! Existem diversas ações para melhorar os processos na sua empresa e oferecer mais ferramentas para os colaboradores realizarem a gestão de empresas terceirizadas. Para apoiar o trabalho do seu time, a GAP Sistemas desenvolveu o GEC, solução completa para o gerenciamento de empresas contratadas.

     

    Com essa ferramenta, sua empresa pode concentrar numa única base integrada todas as parceiras terceirizadas e seus colaboradores. Assim, sua equipe substitui o registro de documentos em planilhas e arquivos físicos por uma solução única, digital e na nuvem. Sempre com backups para que sua empresa não perca nada.

     

    Além disso, o GEC conta com o registro de arquivos de documentos e certificações, com sistema de notificações e calendário automatizado para sempre saber quando um documento está com a sua validade se encerrando.

     

    As empresas terceirizadas também fazem o envio e atualização de documentos diretamente na plataforma, com a sua equipe apenas validando e confirmando as informações, diminuindo etapas no processo.

     

    O GEC conta, também, com um sistema de avaliação de performance (SLA), coletando informações ao longo de todo o período de contrato para a avaliação periódica de indicadores, embasando a tomada de decisões com dados. Tudo isso numa plataforma intuitiva e amigável, com dashboard em tempo real e relatórios completos!

     

    Gostou? E se eu disser que você pode experimentar o GEC por 30 dias gratuitamente?! É verdade! Solicite seu acesso agora mesmo e comece a usar a plataforma.