Receba sua Proposta Técnica Comercial

    Adicionar Unidade

    GRO? PGR? PPRA? Calma! Nós contamos para você o que muda no seu gerenciamento de riscos.

    O GRO – Gerenciamento de Riscos Ocupacionais –  surgiu para organizar e integrar o processo de gerenciamento de riscos, o que inclui a identificação de perigos e avaliação de riscos, o controle dos riscos, a análise de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, além da preparação para o atendimento de emergências. A implantação de GRO reduz índices de ocorrências e promove uma cultura de prevenção que pode ser construída a partir da avaliação dos procedimentos seguidos pelo trabalhador ao executar uma tarefa.

     

     

    Gestão de SSMA e GRO é a mesma coisa?

     

    Não. A gestão de Saúde Ocupacional, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente é um processo estratégico, de longo prazo, que abrange situações internas e externas, perigos e oportunidades. Enquanto que o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais é um processo tático e operacional focado apenas no cenário interno e limitado aos riscos de segurança e saúde dos colaboradores. Por isso mesmo, o correto é afirmar que o GRO faz parte da gestão de SSMA.

     

     

    Então GRO é o mesmo que PGR?

     

    Mais ou menos. O GRO é o processo que gerencia riscos. E o PGR é o Programa de Gerenciamento de Riscos, em outras palavras, o PGR é uma das formas pelas quais o Gerenciamento de Risco Ocupacional se torna uma prática. Se consultar a NR 01, vamos encontrar a seguinte definição: “O PGR pode ser atendido por sistemas de gestão”, afinal ele não é um documento definido, mas uma composição que reúne o inventário de riscos e o plano de ação.

     

     

    E o que acontece com o PPRA?

     

    A partir de agosto de 2021, entra em vigor a atualização da NR 09, norma que trata do Programa de Prevenção a Riscos Ambientes (PPRA) que passará a ser chamado de Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos, tendo como objetivo estabelecer os requisitos para a avaliação da exposição a esses agentes quando identificados no PGR. Assim o PPRA deixa de existir e a NR 09 passa a integrar o PGR.

     

     

    O que é importante saber para implantar o PGR

     

     

    A primeira coisa a ser feita é que a equipe de SSMA conheça, analise e interprete as principais normas reguladoras envolvidas nesse processo: a NR 01 e suas relações com a NR 07 (PCMSO), NR 09 (Avaliação e Controle de Exposições Ocupacionais) e NR  17 (Ergonomia).

     

    Além disso, é preciso considerar os seguintes fatores:

    – criação de um PGR por unidade operacional, setor ou atividade;

    – o porte da empresa;

    – o nível de risco ou complexidade do controle dos riscos ocupacionais;

    – o nível de desempenho da SSO no ambiente de trabalho.

     

     

    As soluções da GAP Sistemas ajudam na implementação da PGR

     

    Quem conta com os serviços de colaboradores terceirizados precisa de medidas de prevenção com foco nas empresas contratadas. Os fornecedores também devem incluir em seu PGR medidas de prevenção específicos para os riscos a que os colaboradores estarão expostos na unidade da empresa contratante. É uma responsabilidade compartilhada que precisa ser supervisionada de perto e executada da melhor forma possível.

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

    Para facilitar e dar maior controle a esta gestão, a GAP Sistemas desenvolveu duas soluções que auxiliam o trabalho das equipes de SSMA.

     

    GEC (Gestão de Empresas Contratadas) é o sistema que reúne toda a informação e documentos necessários para o controle das atividades de colaboradores terceiros, gerando dashboards e relatórios completos que facilitam o gerenciamento da equipe e dos riscos. Enquanto o GEEQUIP (Gestão de Equipamentos de Emergência) é a tecnologia digital focada no controle de inspeções, manutenção e vida útil dos equipamentos de segurança e emergência.

     

    Entre em contato com a GAP Sistemas para conhecer de perto estas soluções.

     

     

    Continue em nosso blog para encontrar mais artigos úteis para a sua gestão de segurança.

     

    Também convidamos você a seguir a GAP nas redes sociais:

    FacebookInstagram e LinkedIn.