Receba sua Proposta Técnica Comercial

    Adicionar Unidade

    Da gestão de transportes ao controle de suprimentos: o impacto positivo da Logística 4.0

    Todos os dias, as novas tecnologias transformam significativamente a realidade dos negócios e cada vez mais surgem novas tendências de mercado que tornam processos mais ágeis, eficientes e rentáveis. Este é o caso da Logística 4.0, que apresenta alto nível de automatização disponível, a digitalização das atividades, o uso de mecanismos robóticos nos processos logísticos, a agilidade no compartilhamento das informações e a computação em nuvem.


    A Logística 4.0 tem como objetivo principal utilizar processos inovadores como aliados do crescimento organizacional. Com isso, a tendência é que todos os processos operacionais se tornem automatizados, auxiliando no aumento de produtividade e a eficácia de toda a operação.


    Os benefícios da Logística 4.0

     

    Redução de erros e perda de ativos

    Processos digitalizados, inteligentes e autônomos garantem uma precisão muito maior no monitoramento de estoques. Com isso, a necessidade de retrabalho é menor e a probabilidade de acontecerem problemas que comprometam entregas, custos e produtividade também fica menor.


    Otimização de frotas e eficiência de roteirização

    A tecnologia atual permite controlar frotas em tempo real e definir rotas inteligentes, baseadas em indicadores que garantem a redução de custos e tempo de entrega da mercadoria. E com uma entrega mais ágil e prazos de entrega menores a satisfação do cliente também aumenta.


    Aumento da eficiência operacional

    O setor de logística deve alcançar altos níveis de eficiência operacional a medida que a Internet das Coisas conecta todas as etapas do processo. No transporte de cargas, por exemplo, há rastreamento e monitoramento de mercadorias de forma mais rápida e precisa.


    Gestão baseada em dados

    Quando você trabalha com tecnologia, há a geração de dados e indicadores que facilitam a tomada de decisão e permitem que os gestores observem a performance do seu negócio através da análise de relatórios gerados pelo sistema. Como veremos mais adiante, as soluções da GAP Sistemas são bons exemplos dessa prática.


    As principais tecnologias da logística 4.0

     

    Internet das Coisas (IoT)

    Tem como função conectar equipamentos utilizados no dia a dia à internet. Com a Internet das Coisas, alguns equipamentos já são capazes de funcionar de forma automatizada, seguindo apenas as orientações estipuladas pelos sistemas. Isso aumenta a produtividade e reduz custos operacionais, além de riscos com profissionais.


    Inteligência Artificial

    Permite que uma máquina tome decisões automáticas durante os processos. Também é possível prever comportamentos e antecipar possíveis problemas do setor. Essa tecnologia pode garantir mais eficiência e rapidez nas atividades, diminuindo a chance de erros, além de poder personalizar o atendimento aos clientes.


    Cloud Computing

    Tecnologia cada vez mais comum nas empresas. A tendência é a virtualização dos serviços e, por conta disso, a cloud computing se tornou uma solução essencial para facilitar o gerenciamento de informações, o que permite coletar, armazenar e disponibilizar dados muito mais rápidos e seguros de qualquer lugar. Isso ajuda bastante as empresas do ramo logístico, por permitir que elas prestem serviços em diferentes localidades.


    Big Data

    O setor de logística trabalha com uma grande quantidade de informações e diversos dados importantes que não podem passar despercebidos. Assim, o Big Data é muito importante para que a empresa consiga ter uma visão mais estratégica de toda a cadeia produtiva.


    Digital Twin

    O conceito de digital twin está relacionado com uma versão digital de um produto, como se fosse um protótipo. Com isso, as empresas podem criar os seus “gêmeos” digitais para avaliar as mudanças e ver a melhor logística dentro do espaço disponível, tornando o planejamento logístico muito mais eficiente.


    Machine Learning

    O machine learning, ou aprendizado da máquina, é um recurso que busca analisar informações de forma automática para a formação de modelos analíticos. Em outras palavras, permite que as máquinas aprendam automaticamente para que possam agir de forma autônoma. Na área logística, esse recurso aumenta a precisão de dados em relação aos estoques de segurança.


    Por esse motivo criamos esse ebook para permite que as empresas tenham processos mais organizados e transparentes. Acesse o conteúdo gratuitamente:

     

    A tecnologia da GAP Sistemas contribui para a Saúde e Segurança do Trabalho aplicada na Logística 4.0

     

    GAP Sistemas desenvolveu sistemas que permitem o acompanhamento de colaboradores terceirizados, com foco na gestão de SSMA. Trata-se do GEC (Gestão de Empresas Contratadas), solução tecnológica que integra toda a documentação e o controle necessário sobre as atividades realizadas pelas equipes.

    Outro sistema que apresenta resultados excelentes é o GEEQUIP, software dedicado à Gestão de Equipamentos de Emergência. Essencial para manter em dia a rotina de inspeção e manutenção de todos os equipamentos de segurança aplicados em áreas e veículos de logística.

    Em nosso blog, você também pode ficar por dentro da Indústria 4.0 e de outros temas relevantes sobre Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente.

    Acompanhe também as nossas redes sociais:

    FacebookInstagram e LinkedIn.