Receba sua Proposta Técnica Comercial

    Adicionar Unidade

    7 erros que a sua empresa não pode cometer na gestão de terceirizados

    A terceirização vem sendo muito utilizada no meio industrial por conta dos inúmeros benefícios que esse tipo de contratação oferece. Aqui no blog já falamos sobre como esse  processo surgiu no mundo, além das principais vantagens e desvantagens quando adotamos esse tipo de contratação. No entanto, é preciso contar com uma gestão de terceirizados eficiente para que continue sendo uma boa opção para a indústria.

     

    Trazendo a conversa para a nossa realidade, falamos também sobre as mudanças provocadas pela Reforma Trabalhista de 2017, que passou a permitir a terceirização da atividade-fim, relacionada diretamente com o bem que a empresa entrega.  

     

    Apesar dos benefícios e facilidades presentes na terceirização, existem alguns deslizes que as empresas costumam cometer na gestão de terceirizados. Neste artigo vamos te contar os 7 principais erros que a sua empresa não pode cometer. Vamos lá? 

    1. Não realizar uma pesquisa sobre a empresa contratada 

    Decidimos começar com esse item porque ele certamente é o mais importante. Pesquisar com profundidade sobre a empresa que será contratada é fundamental para o sucesso da  gestão de terceirizados. Procure informações no site da empresa, no Google, em redes sociais e pergunte também aos colegas, até mesmo de outras empresas, se eles conhecem ou já ouviram falar sobre a empresa que você está contratando. 

    2. Preferir economia ao invés de um bom serviço 

    O ditado que diz “o barato sai caro” pode até ser clichê, mas não deixa de ser uma verdade. Muitas vezes, optamos por um serviço ou produto por conta do valor, mas logo nos arrependemos quando o retorno não é o esperado. Por isso, os preços econômicos podem ser mais atrativos, mas escolha uma empresa que conseguirá entregar aquilo que você necessita. Após uma pesquisa detalhada e conversas com o time de Recursos Humanos você provavelmente encontrará uma boa saída. 

    3. Não detalhar o contrato 

    Os contratos normalmente merecem uma atenção especial, isso porque o documento registra tudo que poderá ser feito e o que está previsto no escopo de trabalho. Atente-se a todas as cláusulas contratuais e esclareça as dúvidas, não deixe passar nada. Se sua empresa precisa de horários diferentes, ou qualquer outra coisa que seja específica, esse é o momento de deixar tudo explicado. 

    4. Falta de comunicação com a empresa contratada 

    Esse item é muito importante para a execução dos serviços contratados. Algumas ações como: verificar o andamento dos serviços, os prazos e a qualidade do que está sendo entregue é de responsabilidade da contratada, mas, isso não impede que a empresa contratante repasse essas informações, isso faz parte de uma comunicação assertiva e de boas práticas na gestão de terceirizados. 

    5. Definir objetivos inalcançáveis

    Não adianta colocar metas para uma equipe terceirizada que não são reais. Trabalhe sempre dentro dos limites do que o time pode entregar. Além disso, é importante ressaltar que as ordens para os terceirizados vem da empresa contratada. Então, é necessário que você se organize para que não haja desentendimentos e que não falte gestão nos serviços contratados. 

    6. Não conhecer a legislação

    Entender e conhecer as leis que regulamentam a atividade que você supervisiona é fundamental para o êxito na gestão de terceirizados. Além disso, a legislação brasileira trabalhista teve alterações significativas nos últimos anos, inclusive no que diz respeito ao trabalho terceirizado. Por isso, procure artigos ou leituras em jornais que trazem informações sobre esse regime de contratação, isso proporcionará mais segurança para sua empresa e para os colaboradores. 

    7. Não realizar a gestão dos documentos dos terceiros

    Outro item de extrema importância é a gestão de documentos dos terceirizados. Muitas empresas correm riscos ao negligenciar esses documentos e acabam sofrendo com processos trabalhistas, por isso, é importante que a empresa realize o acompanhamento. Com o GEC, sistema completo para o gerenciamento de empresas contratadas, é possível: 

     

    – Reduzir os riscos de demandas trabalhistas;

    – Ter o controle mensal dos trabalhadores terceirizados por empresa, filial e contrato;

    – Redução de custos de todo o processo de terceirização;

    – Recebimento e guarda segura de documentos e contratos envolvidos na gestão de trabalhadores terceirizados.

    Entenda como a GAP Sistemas pode ajudar o seu trabalho

    Viu só como algum momento de desatenção no processo de contratação e gestão de terceirizados pode ter  um impacto negativo nos resultados da sua empresa?! Existem diversas ações que você e sua equipe podem tomar para melhorar os processos na sua empresa e oferecer mais ferramentas para os colaboradores realizarem a gestão de empresas terceirizadas. Para apoiar o trabalho do seu time, a GAP Sistemas desenvolveu o GEC, solução completa para o gerenciamento de empresas contratadas.

     

    Com essa ferramenta, sua empresa pode concentrar numa única base integrada todas as parceiras terceirizadas e seus colaboradores. Assim, sua equipe substitui o registro de documentos em planilhas e arquivos físicos por uma solução única, digital e na nuvem. Sempre com backups para que sua empresa não perca nada.

     

    Além disso, o GEC conta com o registro de arquivos de documentos e certificações, com sistema de notificações e calendário automatizado para sempre saber quando um documento está com a sua validade se encerrando.

     

    As empresas terceirizadas também fazem o envio e atualização de documentos diretamente na plataforma, com a sua equipe apenas validando e confirmando as informações, diminuindo etapas no processo.

     

    O GEC conta, também, com um sistema de avaliação de performance (SLA), coletando informações ao longo de todo o período de contrato para a avaliação periódica de indicadores, embasando a tomada de decisões com dados. Tudo isso numa plataforma intuitiva e amigável, com dashboard em tempo real e relatórios completos!

     

    Gostou? E se eu disser que você pode experimentar o GEC por 30 dias gratuitamente?! É verdade! Solicite seu acesso agora mesmo e comece a usar a plataforma.